Darwin no século XXI, em Portugal

Darwin no século XXI, em Portugal

Ciclo de palestras

14 de Fevereiro: O aniversário 207!

 

 

Teresa Avelar: A revolução de Darwin.teresa_avelar

«A Revolução de Darwin teve dois aspetos: a descendência comum (e.g. a “árvore da vida”) e a de que a evolução ocorreu devido à seleção natural, um processo automático, contingente e sem direção principal.»

Teresa Avelar obteve a Licenciatura em Biologia na Universidade de Norwich, Reino Unido em 1979, e o Doutoramento em Biologia na Universidade de Lisboa em 1991. Lecionou em Ecologia Comportamental e Evolução no Instituto Superior de Psicologia Aplicada (Lisboa) e na Universidade Lusófona. As suas publicações incluem os livros Quem tem medo de Charles Darwin (2004, em colaboração com M. Matos e C. Rego), Evolução e Criacionismo – uma relação impossível (2007, em colaboração com A. Gaspar, O. Mateus e F. Almada), Evolução a duas vozes: Darwin e a Evolução (2009), e A evolução culminou no Homem? (2010). É também a tradutora da Autobiografia de Charles Darwin (2004). Os seus interesses são principalmente na área da Evolução e História da Biologia Evolutiva.

tavelar@netcabo.pt

 

 

André Levy: O impacto da seleção natural nas nossas vidas.

“A evolução não ocorre apenas em grandes escalas, ao longo de milhares e milhlevyões de anos. Pode ocorrer a períodos curtos, de meses e anos, e logo ter consequências bastante marcadas à escala humana, com impacto na nossa agricultura e saúde.”

André Levy é doutorado em Ecologia e Biologia Evolutiva, pela Stony Brook University (EUA). Aí trabalhou na evolução da resistência de plantas a múltiplos inimigos, incluindo insetos, herbívoros e fungos. Atualmente, é investigador e professor no ISPA-IU, onde tem trabalhado na filogenia e biogeografia de peixes marinhos, usando marcadores moleculares. Co-editou a série “Cadernos de Evolução”, com textos sobre evolução em Português de cientistas nacionais e internacionais. Como ator, já representou a figura de Darwin em palco e fez visitas guiadas no Jardim Botânico de Lisboa e no Museu Nacional de História Natural e da Ciência.

andrelevy@gmail.com